Se assustou com a conta de luz? Não perca essas dicas para reduzir o consumo

Não é preciso fazer grandes esforços


Segundo relatório do Banco Mundial, o Brasil é o 7º colocado no ranking dos maiores consumidores de energia elétrica no mundo. No país, 99% da população já tem acesso ao serviço. As residências são responsáveis por 10% do consumo de toda a energia gerada e, desse total, um quarto é desperdiçado.

Porém, para evitar que tantos recursos se percam, não é preciso fazer grandes esforços. “Pequenas mudanças de hábito, como reduzir o tempo de banho e evitar abrir a porta da geladeira toda hora, contribuem de forma significativa para diminuir o consumo de energia em uma casa. Só para se ter uma ideia, colocar o chuveiro na posição verão pode reduzir o gasto com energia em até 30%”, diz Fernando Bacellar, coordenador de usos finais de energia da AES Eletropaulo. O especialista aponta mais algumas mudanças que podem ajudar a economizar.

  • Tire os eletrodomésticos da tomada se não for utilizá-los por algumas horas. O hábito de manter os aparelhos plugados sem necessidade pode responder por até 10% do valor total da sua conta de luz;
  • Desde julho de 2015, os consumidores não encontram mais no mercado alguns modelos de lâmpadas incandescentes, por não atenderem os níveis mínimos de eficiência energética. A incandescente gasta mais eletricidade para produzir a mesma quantidade de luz, enquanto a fluorescente chega a ser cinco vezes mais eficiente que a primeira. Uma fluorescente de 15 W substitui tranquilamente uma incandescente de 60 W, além de permitir uma economia de até 80% de energia. Caso ainda tenha algum modelo em casa, substitua;
  • Nunca deixe uma lâmpada acesa, não importa de que tipo, em um cômodo vazio;
  • Verifique constantemente a borracha da porta da sua geladeira e troque se perceber que ela não está vedando bem. Outros cuidados são: manter limpas as serpentinas que ficam atrás do aparelho e não forrar as prateleiras com vidros ou plásticos, que dificultam a circulação do ar;
  • Também vale descongelar a geladeira sempre que a camada de gelo atingir a espessura de aproximadamente 1 cm;
  • Evite ligar o ferro junto com outros aparelhos elétricos, como ventilador, televisão ou microondas, por exemplo. Pior ainda é ligar e desligar várias vezes ao dia. O ferro elétrico sobrecarrega muito a rede de energia
  • Use menos a secadora. No verão, aproveite a luz solar. Dessa maneira, você economizará e ajudará a reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa em 3 kg a cada lavagem;

Dê preferência aos eletrodomésticos vendidos com o Selo Procel A, que indica maior eficiência no uso de energia elétrica.

Tags: consumo conta de energia economia

Veja mais