Reforme roupas antigas com estilo e economize

Antes de sair comprando mais roupas, vale a pena dar uma segunda olhada no que você já tem


Você olha para o armário repleto e ele parece vazio: nada atrai o seu interesse. Quem nunca passou por essa situação, que atire a primeira meia. Porém, antes de sair comprando mais roupas, vale a pena dar uma segunda olhada no que você já tem. Com criatividade e materiais encontrados facilmente em armarinhos, é possível recuperar roupas marcadas pelo tempo e transformá-las em peças modernas, cheias de estilo e, sobretudo, únicas. A palavra mágica é customização.

Customizar é adaptar alguma coisa ao seu jeito, personalizar. É exatamente o que faz a publicitária Ana Loureiro. Encantada pelo universo da moda, Ana descobriu múltiplas possibilidades de personalização e hoje compartilha suas descobertas no site Moda Custom. “Cortes, aplicações e bordados são customizações que qualquer pessoa pode fazer em casa. Com um pouco de dedicação e pesquisa, é possível utilizar técnicas básicas e fazer peças muito sofisticadas e diferenciadas”, afirma.

Já a administradora de empresas Simone Soares interessou-se pela possibilidade de prolongar a vida útil de uma peça assumindo uma atitude mais consciente e ecológica. Autora do site Recicla Design Brasil, ela garante que qualquer pessoa pode consertar pequenos defeitos, renovar o guarda-roupa e, de quebra, dedicar-se a uma atividade prazerosa, que funciona como uma verdadeira terapia.

“Se você já tem algum conhecimento em costura, à máquina ou à mão, vai ser muito mais fácil. Mas mesmo quem nunca pegou linha e agulha também tem opções para criar, utilizando, por exemplo, a cola para tecido. Pode ser que na primeira peça você não acerte totalmente mas, com o tempo, vai se aprimorando”, garante. Veja algumas dicas dessas profissionais que não cansam de criar novidades para vestir:

Roupas manchadas
O tingimento pode resolver o problema de roupas que já perderam a cor ou ficaram manchadas pela ação do tempo. A tinta cobre a mancha, recupera a cor original e até pode dar um novo tom à peça (sempre mais escuro do que o original). Outra opção é descolorir toda a roupa com alvejante à base de cloro ou usar técnicas de descoloração que criam novas padronagens, como o tye-die, que deixa a peça toda marcada, ou o ombré, que é o efeito degradê obtido com uma ou mais cores. Você ainda pode cobrir a mancha com bordados ou aplicações e até mesmo optar por uma solução radical: cortar a peça, transformando uma calça em uma bermuda ou uma blusa de manga comprida em uma regata.

Roupas rasgadas
Pequenos furos ou cortes no tecido podem ser cobertos com aplicações em tecido, renda ou bordado. Você pode recortar alguns retalhos que combinem com a peça, em formatos variados, e costurar ou colar em cima do defeitinho. Se preferir, pode rasgar um pedaço ainda maior e costurar um tecido que combine por baixo. O efeito é supermoderno!

Acessórios que renovam
Roupas que ficaram curtas ganham nova vida com barra de tecidos diferentes, como a renda. E mesmo o que já perdeu a graça, ou você simplesmente enjoou de usar, pode ser renovado com pérolas, chatons (pedrinhas brilhantes de bijuterias), spikes (tachinhas pontiagudas) e tecidos com brilho. Vale a pena experimentar!

Leia também “Roupas e restaurantes são as maiores despesas dos jovens”.

Tags: acessórios aplicações bordados customização estilo moda personalização

Veja mais