Pouco dinheiro não é desculpa: 5 dicas para economizar na festa de casamento

Editora da revista iCasei garante que dá para pesquisar preços e reduzir custos desnecessários


Organizar uma celebração com a cara dos noivos e ainda conseguir gastar menos não é um sonho impossível. A editora da revista iCasei, Caroline Galhardo, garante que, com um bom planejamento, dá para pesquisar preços e reduzir custos desnecessários.

“Alguns dos casamentos mais marcantes de que eu já participei me chamaram atenção pela emoção dos noivos e não pelo luxo ou variedade de itens da festa. A felicidade do casal sempre marca muito mais do que os detalhes materiais”, afirma. Para entrar nesse clima e preparar uma cerimônia bonita, sem desperdícios, aqui vão algumas orientações:

1. Convide quem realmente importa
O primeiro passo é saber o número máximo de pessoas que você poderá convidar, de acordo com o seu orçamento. Segundo os especialistas, nessa hora os noivos podem privilegiar os parentes de primeiro grau e os amigos. Para Sammia Vilela, autora do blog Casando sem Grana, é preciso resistir à pressão da família para convidar pessoas com quem o casal não tem afinidade ou um mínimo de convivência. Assim, fica mais fácil enxugar.

2. Não feche negócio por impulso
Você entrou na primeira loja de flores e se apaixonou, de cara, pelo estilo da decoração? Respire fundo e continue visitando as outras lojas, para saber se nenhuma delas oferece uma relação de custo X benefício melhor. “Mesmo que tenha amado um item, tire uma foto dele, guarde o nome e a referência de quem está vendendo, e continue pesquisando no mercado. Às vezes, a diferença entre os fornecedores é bem grande, e pode-se economizar muito comparando os preços. Daí, com o que sobra, dá para investir em mais itens”, diz Caroline.

3. Aposte no que tem a ver com você
O dia do casamento nada mais é do que uma data escolhida para celebrar o amor do casal com as pessoas que fazem parte da história deles. Por isso mesmo, itens personalizados sempre fazem sucesso. E o melhor: com a colaboração de familiares e amigos, e um pouco de planejamento, é possível fazer muita coisa em casa. Um exemplo são os enfeites da mesa dos convidados e as lembrancinhas. A limitação financeira, em muitos casos, pode ser um convite para abusar da criatividade.

4. Tire proveito das listas
Fazer uma lista de presentes, em um ou mais estabelecimentos, é uma ótima estratégia para quem precisa montar a casa nova. Assim, o casal ganha o que realmente precisa. Para os convidados, contar com a lista também é uma facilidade. E mesmo para aqueles que já têm tudo, as listas virtuais são uma boa opção. “Nesse caso, os noivos podem resgatar o valor dos presentes em dinheiro e investir no que precisarem, até mesmo nos custos do casamento. Além disso, existem as listas virtuais de presentes para a lua de mel”, explica Caroline.

5. Busque o consenso
É muito comum que, durante os preparativos para o casamento, o casal tenha divergências e, muitas vezes, chegue até a discutir. O que é uma armadilha, pois essas pequenas brigas podem desgastar a relação e tirar o brilho do casal no momento da celebração. Melhor que isso é ter paciência, ser flexível e procurar atender aos desejos dos dois, sempre que possível. “Desde o começo do processo, os noivos devem fazer o controle de todos os investimentos em uma planilha, para que ambos possam ficar a par do que está acontecendo”, finaliza Sammia.

Tags: casamento economia festa finanças fornecedores

Veja mais