Especial IR 2019: 10 coisas que você precisa saber antes de fazer a sua declaração

Separe toda a documentação, mas antes veja tudo o que se pode deduzir na sua declaração!

Chegou a hora de entregar a declaração de Imposto de Renda 2019 referente ao ano-base 2018. Com o prazo até 30 de abril, os contribuintes que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018 e todos os que são obrigados a declarar deverão fazê-la.

Se você está nessa lista, prepare-se para checar quais despesas podem ou não serem deduzidas da declaração de Imposto de Renda. A Receita Federal permite várias delas, mas é bom entender que algumas só podem ser abatidas em casos muito específicos. 

Saiba como declarar o Plano Odeprev no seu Imposto de Renda.

Confira!

1. ALUGUEL: as despesas com aluguel de imóveis não são abatidas, mas a Receita Federal exige que seja informado o valor gasto no ano passado, em “Pagamentos Efetuados”. Não deixe de informar para não ter de pagar a multa de 20% sobre o valor não declarado.

2. DESPESAS MÉDICAS SEM RECIBO E REMÉDIOS: essas despesas só podem ser deduzidas se comprovadas por meio de notas fiscais, recibos, boletos ou cópia de cheques emitidos em nome do médico ou hospital. Os medicamentos devem ser deduzidos se estiverem incluídos na fatura emitida após a internação.

3. PENSÃO SEM DECISÃO JUDICIAL: caso seja paga espontaneamente, a pensão não será deduzida. Apenas àquelas que estão acertadas judicialmente ou com acordo homologado e firmado em cartório.

4. PLANO DE SAÚDE DA EMPRESA: se for pago pela empresa, o funcionário não pode abater do seu IR, mas se pagou consulta ou exame do próprio bolso e foi reembolsado, poderá ser lançada a diferença entre o valor gasto e o reembolsado.

5. ACADEMIA: os valores da academia de ginástica ou da natação também não podem ser deduzidos do IR, mesmo que seja feita sob recomendação médica.

6. TRANSPORTE: transporte privado ou público não pode ser deduzido do IR, mesmo que a finalidade seja para ir à escola. Os gastos não são caracterizados como sendo de educação.

7. MATERIAL ESCOLAR: material escolar e uniforme não são considerados despesas com educação. Portanto, não podem ser deduzidos.

8. CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR: despesas com educação em geral do próprio contribuinte e de seus dependentes podem ser abatidas do IR até o limite de R$3.561,50 por pessoa. Entretanto, gastos com cursinhos ou concursos públicos não são passíveis de dedução.

9. VETERINÁRIO: gastos para tratar da saúde de seu bicho de estimação no veterinário não podem ser deduzidos. As únicas despesas médicas dedutíveis do IR são com pessoas (o próprio contribuinte, seus dependentes ou alimentandos).

10. AUTOESCOLA: o gasto com o curso para obter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não é considerado como despesa com educação e, portanto, não pode ser deduzido do IR.

Tags: declaração Dedução despesas ImpostodeRenda2019

Veja mais